domingo, 27 de dezembro de 2009

Sinal de Vida


(Rogerio Bahiense)



Desculpe sei que não fui legal com você
Não dei nenhum sinal de vida
Não te procurei
Queria que você soubesse
Que vontade não faltou
Mas mergulhei no meu passado
Então fiquei meio bolado
E nem telefonei

Como posso te explicar
O que alguém me fez
Maltratou meu coração
Me encheu de ilusão
Por isso eu jurei nunca mais
Me entregar outra vez

Ponto final
Pra que ficar na indecisão
O que eu sofri
Não tem nada a ver
Com quem me quer de coração

Vou desligar
O vídeo tape que eu criei
Dentro de mim
E apagar de vez
O que restou de uma paixão

Tô com você
Vou com você
Me faz feliz

Tô com você
Vou com você
Tô precisando tanto ser feliz.

©rb

***

Quando Menos Esperar


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Me deixei levar
Por um sorriso
Inocente e encantador

Vi aquele olhar
Mexer comigo
De repente
Descobri o amor

Mas quando a gente
Perde a ilusão
É triste ver os sonhos
Todos pelo chão

Quem eu amei
Não me deu valor
Julguei pela beleza
Um falso interior

Quando menos esperar
Você vai lembrar de mim
O teu corpo vai gritar:
“Essa saudade não tem fim!”

Você vai me procurar
Toda vez que perceber
Que na hora de amar
Ninguém faz como eu sei fazer.

©m/rb

***

Essas Coisas


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Me fala outra vez essas coisas
Que nunca são ditas
Faz minhas vontades e diz
Que eu sou sua vida

O meu passo certo, é certo
Se eu estou com você
E só de pensar o contrário
Já me vejo sofrer

Me abraça, me pega de jeito
E me mostra a saída
Teu corpo acende em meu peito
Uma luz infinita

Mas tanto amor me preocupa
E não posso negar, nem esconder
O medo que mais me assusta
É perder você

Eu não vejo a hora
De ver você entrar por essa porta
De ouvir você falar que se importa
Com as coisas que eu tenho pra contar

A rotina invade
Teu pensamento e pela metade
Eu vivo um momento e na verdade
Eu vivo muito mais por te amar.

©m/rb

***

No Fundo do Poço


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Outra vez
A saudade chegou
Invadiu o meu peito
Eu já não esperava lembrar
De você desse jeito

Outra vez
Eu vou te procurar
Tô contando comigo
Deus me dê forças pra te fazer
Entender o que eu sinto

Eu repeti tantas vezes pra mim
Dessa água eu não vou mais beber
E hoje no fundo do poço
Te peço socorro
Vem me socorrer

Eu preciso de você
Essa saudade
Vai me matar
Me dá uma chance me acode
Tô de mal a pior

Eu preciso de você
A minha vida tá por um triz
Eu tô te pedindo arrego
Amor tenha dó.

©m/rb

***

Tanta Coisa


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Se você encontrar
Qualquer coisa em mim
Que te faça lembrar
E tiver mesmo a fim
Pode me procurar
Vou querer te escutar
E rever de uma vez
Tudo que aconteceu

Se você perguntar
Em silêncio onde estou
E sentir despertar
No teu peito esse amor
Não importa o tempo que a gente perdeu
Se tudo de volta a gente ganhou

Eu me perdi
Me entreguei sem pensar e quando vi
Já não era mais eu
Quem falava por mim
Esse amor me pegou de um jeito
E você nem ligou

E eu senti
Tanta coisa aos poucos mudar
E mudei tudo em mim
Só pra te agradar
Esperando você eu só me consumi
E deixei de viver.

©m/rb

***

domingo, 29 de novembro de 2009

Arco-Íris da Ilusão


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Cada volta que esse mundo dá
Traz um novo dia pra gente sonhar
Quem faz de um sonho uma lição
Alimenta de amor o coração

A vida parece um pedaço de algodão
Solto pelo ar e ninguém sabe onde vai dar
Por isso a fantasia tem que ter sempre um lugar
No seu dia-a-dia deixa espaço pra sonhar

“A felicidade está em mim!”
Diga pra si mesmo e siga sempre assim
Pinte as cores da imaginação
No encanto do arco-íris da ilusão

Caminhe na certeza que viver é sempre bom
Chore só quando a alegria te emocionar
Pra ser feliz você tem que saber com quem contar
Eu sou um amigo pronto pra te ajudar.

©m/rb

***

Só se for agora


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Eu só vou se for agora
Não tá dando mais pra segurar
Eu sinto no meu corpo
O desejo correr solto
Fico louco só de imaginar

Eu cobrei da vida o preço
Pra pagar a tua indecisão
Leiloei o medo
Entrei em desespero
E paguei com a minha solidão

Mas valeu a pena
Nadei contra a maré e te achei
Só pra mim
Nessas voltas que esse mundo dá
Espera e alcança quem tem que alcançar

É assim / É assim
É assim
Eu vou mas só se for agora
Não dá mais pra esperar.

©m/rb

***

sábado, 14 de novembro de 2009

Nosso Sonho


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Tanto tempo
Tentando encontrar esse amor
Quantas vezes
Você sem notar me olhou

O destino abusa da gente
Tanta dor por alguém de repente
É ilusão
E o coração é quem sente

Tanto tempo
Achando que era feliz
Me enganando
E você tão perto de mim

E agora a gente se encontra
Frente a frente e vai ser sempre assim
Nosso sonho é mais uma história
De amor sem fim

Eu queria ficar
Para sempre na sua cabeça
Eu não vou te esquecer
E não quero que você me esqueça / Nunca mais

Eu queria ficar
Para sempre na sua cabeça
Eu não vou te esquecer
E não quero que você me esqueça
Nunca mais.

©m/rb

***

domingo, 8 de novembro de 2009

Por Favor


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Por favor
Não dê as costas fique mais um pouco
Que eu vou
Mostrar que o nosso amor não está morto

Se ficou
Ainda em mim esse desejo louco
Não posso aceitar que vá embora
Preciso de você comigo agora

Por favor
A gente se entregou por tanto tempo
Se amou
E isso já é mais que um argumento

Sei que estou
Pedindo muito, mas o que eu penso
Não posso aceitar que vá embora
Preciso de você comigo agora
Por isso estou pedindo pra ficar

Por favor
Não faça pouco caso assim da gente
Nem sei se alguma coisa ainda sente
Mas acho que mereço um pouco mais / Um pouco mais

Por favor
Eu falo simplesmente porque quero
Tentar o impossível e espero
Fazer com que me ouça e volte atrás.

©m/rb

***

Aquele Velho Amor


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Desanda o coração
Põe a chorar
Se lamentar
Aquele velho amor
Bateu no peito outra vez
E fez um estrago
Nos planos de outro amor
Tão jovem que ao nascer
Rendeu-se ao senhor

A vida meu irmão
Diz e não diz quem é feliz
Na mesa de um bar
Até nos braços de alguém
Se chega a saudade
Não tem explicação
Tudo se transforma
Em fuga e solidão

Não adianta esconder
A dor do próprio coração
Ah, você pode inventar
Um amor pra se guardar
Mas não vai se convencer.

©m/rb

***

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Senhor Jesus


(Rogerio Bahiense)



Hoje entendi tanta coisa
Que a vida nos faz passar
Dificuldades, tristezas, as dores e perdas
Que temos que suportar
O alimento pra alma a fé que acalma
Somente hoje eu encontrei
Não foi acaso eu sei, não foi eu sei

Hoje vi minha existência
Ter mais importância enfim
Todo vazio que havia vi se transformar
Em paz dentro de mim
Tudo que eu acreditava nem sempre bastava
Pra me consolar então
Segurei sua mão, abri meu coração

Senhor Jesus
Olhai por nós
Em sua cruz
Louvamos a vós

Não basta olhar com tristeza
Aquele que sofre a dor
Exposto ao frio e a fome jogado na rua
Sem nenhum valor
Na caridade a prece só nos fortalece
E ver repartir o pão
Somente hoje então vi que é a mais linda oração

Senhor Jesus
Olhai por nós
Em sua cruz
Louvamos a vós

©rb

***

domingo, 1 de novembro de 2009

Quem manda é o coração


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Tô me descobrindo com você
Aos poucos
Minha vida encontrou
Um motivo a mais para viver

Eu tive a ilusão
De um dia dominar o sentimento
Outra vez o coração
Me mostrou que manda no meu pensamento

Tô me descobrindo com você
Aos poucos
E ainda vou achar
De uma forma um jeito pra te convencer

Ah, te amo e quero é mais
Quem manda é o coração
A gente pode ser feliz
Não pensa vem e faz

De mim o que quiser
E deixa acontecer
Tudo que eu preciso
É de um momento com você.

©m/rb

***

Separação


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Não se acanhe
Outra vez em me ligar
Se o coração pedir
Não se engane
Tentando inventar
Desculpas pra fugir

Se a saudade
For maior do que à vontade
De esquecer
Me procure
Tanta coisa eu tenho pra te oferecer

Quantas vezes
Fui disposto a conversar
E te pedir perdão
Mas na hora
Seu assunto sempre foi
Separação

Não me iludo
E eu sei que não estou me protegendo
Com certeza você também está sofrendo
Mas não mede esforços pra me castigar

De coração na mão
Com lágrimas no olhar
Eu vou te implorar
Volta

De coração na mão
Com lágrimas no olhar
Eu vou te implorar
Volta que eu te amo muito mais.

©m/rb

***

sábado, 31 de outubro de 2009

Ciúme


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Não deu pra segurar
Procura entender
O que eu falei foi sem pensar

Às vezes sem querer
A gente diz o que não dá
Pra esconder

Só de imaginar
Você longe de mim
Meu mundo pára de girar

Por isso fico assim
E falo sem notar
Tanta coisa ruim

Ciúme é tão normal
Se o amor é pra valer
Eu acho natural
O medo de perder
Se eu falo afinal
É por amar tanto você

Não quero caminhar
Seus passos mas preciso
Saber como encontrar
Na vida algum sentido
Se você não está
Então fico de mal comigo

Já fiz tudo pra deixar pra lá
Tentei até modificar
Meu jeito de amar você
É sempre assim
Por mais que a gente diga não
Fala mais alto o coração
E a gente sofre sem querer.

©m/rb

***

Despertar


(Makafri/Rogerio Bahiense)


Eu quero a luz de cada despertar
Vejo seu corpo e sem tocar
Parece até que eu sonhei
Mas tudo é tão real e eu não sei

Será que eu mereço tanto amor
Me sinto um sábio sedutor
Mas cada vez eu posso ver
Que ainda tenho muito que aprender

E não há meio de entender
Onde o desejo pode levar
Um coração em busca de prazer

Quero você sempre um pouco mais
Não há limites pra se amar
E por amor ninguém sabe o que faz

E tantas vezes encontrei
Você sorrindo e dizendo: “Foi bom!”
Um beijo e o adormecer
Mais uma noite sem notar
Eu quero a luz de um novo despertar.

©m/rb

***

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O que eu faço dos sonhos


(Rogerio Bahiense)



Eu ando distante de tudo
Que eu vi nos meus sonhos
Da felicidade só sei
O que eu ouvi dizer

A vida que eu vejo passar
Diante dos meus olhos
Não vale a lembrança das horas
Que penso em você

Por que teve que dar em nada
O amor que eu tanto acreditava?
Você disse não e levou
Minha vida contigo

Eu tento aceitar a verdade
Mas o que fazer da saudade
Que vem me dizer que você
É tudo que eu preciso

E agora o que eu faço dos sonhos
Das noites e horas perdidas
Pra te esquecer de uma vez
E viver minha vida

E agora o que eu faço de tudo
Que me deixou marcado assim
Pra me livrar de tanto amor
O que eu faço de mim.

©rb

***

domingo, 18 de outubro de 2009

Amor Sem Juízo


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Ah, o amor pediu passagem
Pra seguir viagem
Dei a permissão

Ah, eu quero e não impeço
De ter livre-acesso
No meu coração

Ah, quando a felicidade
Torna realidade o que era ilusão
A vida faz sentido
Tudo é permitido
Nada é em vão
A vida faz sentido
Tudo é permitido
Nada é em vão

Ah, meu amor sem juízo
Vem me leva ao paraíso
Ah, se acolhe no meu peito

Te dou todo direito
De pegar de jeito
Esse meu coração.

©m/rb

***

sábado, 17 de outubro de 2009

Minha Vida Não Mudou (Onde está você)


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Onde está você
Tanto tempo sem te ver
Minha vida não mudou
Ainda não deu pra esquecer

Onde está você
Por favor vem me dizer
Toda noite a solidão
Me enfrenta sem perder

Eu sei que existe o bem e o mal
E sendo assim
Eu não fiquei com o melhor
Desse final

Mas quando um quer dois podem até
Se entender e se entregar
Por amor ao que vier

Ah, eu gosto de você
Dá um jeito de fazer
O seu coração gostar

Ah, eu gosto de você
Dá um jeito de fazer
O seu coração gostar

Faz o seu coração só gostar
Só gostar de mim
Faz o seu coração só gostar
Só gostar de mim.

©m/rb

***

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Bagunçou Geral


(Rogerio Bahiense)



Pra te conquistar
De tudo sou capaz, Ê...
Você me cobre de felicidade
Se me diz: “Olá!”

É gostoso
Sentir meu coração quase pegando fogo
Você me dá calor
É no meu corpo todo
Basta te ver passar pra eu me derreter

Nunca amei assim
Pra tudo eu sei que há uma primeira vez
Mas olha só o estrago que esse amor me fez
Veio feito um ciclone bem dentro de mim
Bagunçou geral

Bagunçou geral
Quase nem sinto os meus pés no chão / Ê...
Êta amor danado
Que deixou nesse estado o meu coração

Pareço um selvagem
Tô fora de controle num quarto vazio
Preciso que você me note urgentemente
E amanse logo esse bicho no cio.

©rb

***

Você Fazia Cena


(Rogerio Bahiense)



Foi forte demais pra mim
Eu não esperava isso de você
Tanta coisa a gente pensa
Quando o coração se encanta
Faz mil planos imagina
Que é pra vida inteira e de repente
Tudo dança

Dói pensar no que eu ouvi
Como pude me enganar
Tudo bem, tá certo a gente quando ama se ilude
Eu jurava que era amor
Mas você fazia cena
E agora vem dizer que só ficou comigo
Porque teve pena

Preferia não ter em meus braços
Um amor por engano
A mentira dói mais que a verdade
Você não podia fazer o que fez

Você alimentou tantos sonhos
Que eu fui cultivando
Era melhor ficar na saudade
E sofrer logo de uma vez.

©rb

***

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Reconquistar


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Hoje nós abrimos um espaço
Pra falar um pouco de nós dois
Cada dia o tempo é mais escasso
E a gente sempre deixa pra depois

E sem perceber
Acho que você
Vai se afastando mais de mim

E o dia passa
E a gente não se acha
É sempre assim

E com os caminhos separados
Do seu dia quase nada sei
E do meu você já nem se importa
Sabe muito menos onde andei

E sem perceber
Acho que você
Vai se afastando mais de mim

E o dia passa
E a gente não se acha
É sempre assim

Se o sonho ainda existe
Por que se roubar desse jeito
Se o fogo ainda queima por dentro
Do peito / Do peito

A gente precisa se olhar
Botar nossas coisas em dia
A gente precisa tentar
Se reconquistar.

©m/rb

***

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Eu não te deixo mais


(Makafri/Rogerio Bahiense)



É essa saudade não tem mesmo fim
O coração falou mais alto
Eu tive que ouvir

Me perdi no tempo e tanto tempo em vão
Tentei achar outro caminho
Pra esse coração

A vida ficou sem sentido
Por tudo que eu deixei pra trás
Venceu a força do destino
Eu não te deixo mais

Eu tentei de tudo pra me libertar
Lutei de todas as maneiras
Por medo de amar

Já sofri um dia tanto por amor
Das flores fiquei com espinhos
Sei da minha dor

A vida ficou sem sentido
Por tudo que eu deixei pra trás
Venceu a força do destino
Eu não te deixo mais

Não quero mais sentir no peito essa saudade
Me torturando
Eu quero ser feliz e a felicidade
Tá me chamando.

©m/rb

***

Cartas Na Mesa


(Rogerio Bahiense/Nilton Costa)



Você
Sabe fazer
Minha cabeça
Fala de tudo abre o jogo
Põe as cartas na mesa

Inventa desculpas
E me joga na cara
Esse amor tão bonito
Faz que não se preocupa
Mas eu sei que repara
Toda dor que eu sinto

Você sabe errar
Só pra me possuir
Do seu jeito eu sei
E não vou me enganar
Tenho que admitir
Em você me encontrei

Sofrer
Desse mal que machuca
O meu coração
Sentir
Tua pele, teus beijos
Tão doce paixão

Só você
É mais que culpada
Desse meu sentimento
Porque
Noite e dia te trago
No meu pensamento.

©rb/nc

***

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

De Bem Comigo


(Yonsen Maia/Beto Mello/Rogerio Bahiense)



Hoje eu tô me refazendo
Removendo escombros que você deixou
Hoje eu tô virando o jogo
Despertei pra vida o encanto se quebrou

Quero a alma renovada
Vou cuidar de mim é o melhor que faço
Chega de perder meu tempo
Até mais tristeza vou correr pro abraço

Tudo que podia eu fiz
Pra me ver e te fazer feliz
Você não jogou aberto
Eu fiz tudo certo
Mas você não quis

Hoje o meu compromisso é com a felicidade
Eu tô de bem comigo
Tô tirando sarro daquela saudade

Hoje o meu compromisso é ficar numa boa
O tempo já levou de mim
Aquela pessoa.

©ym/bm/rb

***

Vendo o dia nascendo


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Acordei com vontade
De te amar novamente
Mas olhei do meu lado
E não vi mais você

Te cacei pela casa
Me despi por inteiro
Vi na mesa da sala
Embaixo do cinzeiro

No bilhete: "Um Até breve!
Eu gostei de te amar
Mas só ando com pressa
E não quis te acordar."

Já estou com saudade
Da noite que tivemos
Toda simplicidade
De você me querendo
Eu te quero de novo
Vendo o dia nascendo

Nunca mais
Você vai fugir
Assim
Amanhã
Te amarro em mim.

©m/rb

***

Sem Menos Esperar


(Xandynho Ramos/Rogerio Bahiense
)


Vem cá
Não diz que o tempo todo eu me enganei
Por que?
Se tudo que eu vivi você viveu
Pra que fazer assim
Dizendo que eu me confundi
Que foi um sonho meu

Eu sei
A gente achou que era só ficar
Mas foi
Mudando tudo aos poucos entre nós
Sem menos esperar
Nasceu o amor e então
A gente se entregou
Fez planos de uma vida feliz
Trocou juras eternas de amor

E agora você vem dizer
Que acabou não tem mais nada a ver
Que eu sonhei
Com esse amor

Viajei

Larga nossa história pelo chão
E me deixa nessa solidão
Ah, meu Deus!
Como dói

Esse adeus.

©xr/rb

***

Vem Me Socorrer


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Deixa pra lá
O que passou
E vem matar
Minha vontade

O coração
Se acostumou
E não quer mais
Sentir saudade

Você diz não
Querendo sim
Eu posso ver
No seu olhar

Pra que fugir
Se é por mim
Que você sempre
Vem procurar

Um grande amor
É feito o vento
Derruba tudo que temos por dentro
Vai pelos ares
Qualquer razão
Ninguém encontra uma explicação

Amo você
E não tem jeito
Explode a dor da saudade no peito
Vem me dizer que não vive sem mim
Volta de vez não me deixa assim

Eu não sei ficar sem você
Vem correndo me socorrer
Eu não sei ficar sem você
Vem correndo me socorrer

©m/rb

***

Eu Tranco a Porta


(Rogerio Bahiense)



Tanta coisa acontece sem querer
Quando eu vejo não dá mais pra consertar
As bobagens que eu digo
Estão longe do que eu sinto
O meu coração não vê ninguém em seu lugar

Você sabe muito bem que eu sou assim
Mas tá certo, dói ouvir tanta besteira
Me desfaço de você
E pareço outra pessoa
Quando perco a calma chego a me desconhecer
Na verdade essa loucura
Que parece não ter cura
É meu jeito doido de amar você

Sou teu menino, briga comigo, põe de castigo
Revira a casa, arma o barraco
Se for preciso
Explode agora, bota pra fora
Tua revolta
Só não me fala em fazer a mala
Que eu tranco a porta.

©rb

***

Nosso Amor é Fogo


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Esse amor tem pra mim
O sabor do pecado
Desconheço quem sou
Quando estou ao teu lado

Em matéria de amor
De paixões fiz escola
Pra tentar ser feliz
Como eu sou agora

Eu sinto o desejo
Correndo nas veias
Meu corpo você
Quando vem incendeia
E tanto prazer não dá pra segurar

O meu coração tá correndo perigo
Meu peito é uma chama
Quando estou contigo
É tanta emoção por dentro a me queimar

Nosso amor é fogo
Nosso amor é brasa
Que ninguém pode apagar
Ou, Ou, Ou
Explode num beijo
Todo o meu desejo
Quando vem me provocar

Nosso amor é fogo
Nosso amor é brasa
Que ninguém pode apagar
Ou, Ou, Ou
Paixão atrevida
Coisa proibida é tão gostoso te amar.

©m/rb

***

Vai ter lenha pra queimar


(Rogerio Bahiense)



Fazia tempo que eu não vinha da cidade
Fugi da roça em busca de vida festeira
Fiquei perdido, fui atrás de novidade
Desiludido voltei daquela tranqueira

Eu sou daqui meus pés na terra tão plantados
E na enxada com certeza eu me garanto
Chapéu de palha, bituca, corpo suado
Eu tô em casa, tô de volta pro meu canto

Não é só da lida que vive o caipira
Quando saí deixei o meu rabo de saia
Por mim disseram que ela ainda suspira
E quando soube que eu voltei quase desmaia

E na quermesse que hoje vai começar
Eu quero ver quando a gente se encontrar
Ao som da viola e da sanfona a noite inteira
No amasso só besteira é que a gente vai pensar

Vai ter lenha pra queimar (Ou, Ou)
Vai ter lenha pra queimar
No esfrega, esfrega gostoso, no rala e rola
Hoje o bicho perde o couro
Vai ter lenha pra queimar.

©rb

***

Segredos


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Dentro de você
Existe outra mulher
Que é exatamente
O avesso do que é

Se segura quando quer sorrir
Sorri quando tem que chorar
Me desama quando quer amor
Me desperta se não quer amar

Dentro de você
Existe outra mulher
Uma grande dama
Ou uma qualquer

Cobre de mistérios
Nossos desejos
Como vende caro
Todos os beijos
Mas o que mais quero:
Esses segredos
Do amor / Do amor.

©m/rb

***

domingo, 11 de outubro de 2009

Brasil, sua missão é vencer!


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Onze leões no gramado
Com a nossa bandeira no peito
O coração na chuteira
Formando um time perfeito

A comissão trabalhando
Com sabedoria e amor
Prá frente Brasil!
Vai lá seleção
Mostra todo o seu valor

E tenha certeza
Do lado de cá
Corrente é o que não faltará

Vai lá Brasil
Que eu quero ver
Sua missão é vencer!

Vai lá Brasil
Que eu quero ver (gooool!!!)
Sua missão é vencer!

©m/rb

***

Intocável


(Rogerio Bahiense)



Tudo pode ser real
Mas você parece intocável
Tem um brilho no olhar
Que provoca reações
Despertando no meu corpo inteiro
Estranhas sensações

Deliro de prazer
Basta só eu te ver
O cupido veio pra ficar
Me flechou falta você notar
Que eu só tenho olhos pra você

Conto de fadas
Podia ser
Abre-te Sésamo e o seu coração
Abriria pra mim

Felicidade
Só tem valor
Quando a magia dá vida a uma linda
História de amor.

©rb

***

Refém da Saudade


(Alex Guedes/Rogerio Bahiense)



Eu não me dei conta
Do que eu perdi
Num fogo cruzado
Por quantas vezes eu me vi

De um lado o amor
Torcendo por mim
Do outro a razão
Lutando tanto pelo fim

Eu acreditei na gente
Mas foi tudo diferente
Na indecisão o medo
Falou mais alto
E fez a razão vencer

E agora sofro tanto sem você
E pelos cantos tento te esquecer
Ah! Como eu queria
Ter você de novo aqui

Na madrugada fria a solidão
Vem me tortura e faz do coração
Refém da saudade
De um amor que eu perdi.

©ag/rb

***

sábado, 30 de maio de 2009

Deixa Como Está


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Se eu te procurar
Só te peço que seja gentil
Não queira condenar
O amor que no passado nos uniu

Se não ficamos sós
Foi vontade do destino recorrermos
A outros corações
Que sem culpa pagam pelos nossos erros

Devo confessar
Já não vale a pena saber quem errou
Mas se eu busquei carinho em outros braços
Certamente foi porque você buscou

Quem vai juntar
Duas vidas que a vida separou
Como apagar
A lembrança que é herança desse amor

Se eu não procurar
Não entenda que eu esqueci
Quem me fez passar
Os anos mais felizes que vivi

Deixa como está
Quem sabe o tempo esconde a cicatriz
E no meu silêncio a recordar
Só desejo que você seja feliz.

©m/rb

***

domingo, 5 de abril de 2009

Tá Numa Boa


(Rogerio Bahiense)



Tem dia que a gente
Tira pra pensar um pouco
No que a vida apronta
Quando a gente ama
Um sentimento tão bonito
Se transforma de repente
Em pesadelo quando o amor da gente
Vai embora

E tanta saudade
Fere e deixa no sufoco
Um coração que ainda acredita
Numa volta
Por tanto tempo iludido
Insiste e nega o que sente
Agora que a lembrança assanha a mente
Ele não se entrega

Não me conformo
Que você tenha partido
Me deixado nesse estado
Sem ter se arrependido
Tá numa boa
Também vou ficar um dia
Encontrar alguém pra dar
O que você não merecia.

©rb

***

sábado, 14 de março de 2009

Ela


(Alex Guedes/Rogerio Bahiense)



Ela
Chega provocante

Com toda malícia

Que traz no olhar

Ela

Desperta desejos
Sonhos libertinos

Por onde passar


Ela é sol

Ela é mar

No calor tropical

Ela é luz

De luar

É a mulher fatal


Um convite
A pecar

Seus passos vou seguir

Quero mais muito mais
Me deixar possuir


Com ela, Com ela

No seu corpo me queimar

Com ela, Com ela
Noite afora amar


Com ela, Com ela
Em seus braços despertar
Com ela, Com ela
Eu quero ficar.


©ag/rb

***

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Um Sonho Sem Fim


(Alex Guedes/Rogerio Bahiense)


Quanto tempo faz
Juro que não sei
Sempre disse não
E depois voltei
Foi um lance bom
Mas despertei
Viver de ilusão
Acabou

Eu quero encontrar
Quem me dê valor
Que seja para mim
O verdadeiro amor
Tenho o coração
Ao meu favor
E é nesse sonho
Que eu vou

O que eu sonhei
Vou buscar num amor que acreditei
Quero encontar
Quem me queira amar
Por inteiro ficar junto de mim

Cansei de ver
Minha vida passar sem eu viver
Eu quero alguém
Que me queira também
De verdade num sonho sem fim.

©ag/rb

***

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Coisas do Amor


(Makafri/Rogerio Bahiense)



Você viu
Também vi
Que não tem
Mais nada a ver

Nosso olhar
Se desligou
Quem perdeu
Quem ganhou

Mas fingir
E fugir
É o que fazemos mais

Já não é
Como foi
E onde foi
Que erramos pra mudar

Nosso amor / Nosso amor
Se perdeu / Se perdeu
E onde achar
Procurar
Mas são coisas

São coisas do amor
Quem dita as normas
Quem diz e não diz

Se é pra viver desse jeito
Vou libertar o meu peito
Quero somente é ser feliz

Se é pra viver desse jeito
Vou libertar o meu peito
Quero somente é ser feliz.


©m/rb

***

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Só Pensando Em Nós Dois


(Rogerio Bahiense/Eunice Barbosa)



Deixei na esquina do passado o meu olhar
Perdido em prantos perguntando por você
Foi tão bonita aquela noite de luar
Que até hoje faço dela um motivo pra viver
Queria tanto reprisar aquele instante
Revivendo em nossa vida muita vida outra vez

Ah! Se eu pudesse ver de novo o seu olhar
Me procurando e me fazendo renascer
Teria o céu por testemunha vendo em nós
O nosso amor em chama e mais e mais muito querer

Em noites claras quando vejo a luz da lua
Saio pra rua só pensando em nós dois
E a saudade é tão doída é tão ruim
Que é melhor pedir a Deus pra tirar você de mim
Pra tirar você de mim
Pra tirar você de mim

©rb/eb

***